Universidade celebra com obras de Ohtake e Mabe

Em 2018, a Universidade de Fortaleza completa 45 anos. E para comemorar, a Fundação Edson Queiroz realiza a exposição “Da Terra Brasilis à Aldeia Global”, reunindo 280 obras dos principais artistas do Brasil e estrangeiros que o retrataram, abrangendo arco temporal que se estende do século 16 ao século 21.

Com curadoria de Denise Mattar, a exposição conta com obras de Tomie Ohtake e Manabu Mabe. Ela é dividida em nove módulos e os dois artistas estão presentes no sexto, que tem início em 1940 e vai até os dias atuais, e destaca “A Força da Abstração”. Há ainda os módulos “Barroco”, “Uma Academia nos Trópicos”, “Modernidade”, “Chuvas de Verão”, entre outros.

As obras foram escolhidas entre as mais de 1 mil peças que fazem parte do acervo da Fundação Edson Queiroz. Também é a primeira vez que são reunidos livros raros, pertencentes à coleção da Biblioteca Acervos Especiais, da Unifor.

A curadora explica que optou por criar uma abordagem histórica e didática, contextualizando os principais movimentos da arte brasileira. “Além disso, procuramos mostrar para o público que cada um desses movimentos reflete um momento histórico, político e social, e que a arte acaba por transcender todos esses marcos”, salienta.

A exposição fica em cartaz até o dia 24 de março de 2019. A visitação pode ser feita de terça a sexta-feira, de 9 às 19 horas, e aos sábados e domingos, das 10 às 18 horas. A mostra fica no Espaço Cultural Unifor (av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz, em Fortaleza. Mais informações pelo tel: (85) 3477-3319. Entrada franca.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password