Robô criado em Tocantins é selecionado no Japão

Um robô criado por estudantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) foi considerado um dos 10 melhores do mundo em uma seleção realizada no Japão. Os alunos foram convidados para participar de uma competição no país, que vai ser realizada no mês do julho.

O robô foi criado para enfrentar os desafios mais difíceis em uma área de resgate. A máquina que simula um tanque de guerra tem uma microcâmera, que consegue captar todas as imagens que vê e transmite por códigos. Apelidado de Peste Negra, porque no início estava dando muito trabalho, o robô contou com a participação de quatros alunos no desenvolvimento. Eles ficaram oito meses estudando e calculando cada detalhe. O programador é o estudante de engenharia Arthur Martins.

O professor Wendell Eduardo, que orientou o projeto dentro da disciplina de mecatrônica, o considera um dos robôs mais evoluídos criados até hoje por alunos da instituição, que, desde o ano passado, está desenvolvendo trabalhos na área de robótica, especificamente esse projeto.

Mesmo com todo o es-forço e dedicação dos alunos, a viagem não está garantida porque o IFTO não tem condições de bancar a ida de todos os alunos até o Japão. Devido aos cortes orçamentários que vêm acontecendo em todo o País, a instituição alega que não tem condições de financiar a viagem inteira e deve bancar apenas uma parte. A ideia dos estudantes é conseguir patrocinadores para enfim conseguir embarcar para o Japão.

O evento no país ocorre entre os dia 27 e 30 de julho.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password