Nikkei fica no Ministério do Trabalho até março

O presidente Michel Temer e líderes do PTB decidiram ontem que o ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, fica no cargo até março. A informação é do líder do partido na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes.

Segundo ele, as discussões sobre um nome do PTB para ocupar definitivamente a pasta serão feitas mais perto da reforma ministerial. Ministros do governo do presidente Temer que vão se candidatar nas eleições de outubro precisam deixar o cargo até abril, em cumprimento à legislação eleitoral. Assim, a nomeação definitiva do ministro do Trabalho ficaria para o fim de março.

Além de Jovair Arantes, também participaram da reunião com Temer, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e a de-putada federal Cristiane Brasil, que foi indicada ao cargo pelo PTB em janeiro, mas foi impedida de to-mar posse por decisões da Justiça. Durante a reunião, ela agradeceu pela nomeação.

Na semana passada, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármem Lúcia, definiu que cabe à Corte decidir sobre a posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho. O impedimento em outras instâncias ocorreu pela indicada ter sido condenada pela Justiça do Trabalho a pagar mais de R$ 60 mil a um ex-motorista, em decorrência de irregularidades trabalhistas.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password