Empresa japonesa compra café com valor recorde

A empresa japonesa Maruyama Coffee pagou cerca de R$ 18 mil (valor recorde) pela saca do café campeão dos 19 lotes vencedores da categoria “Naturals” da “Cup of Excelence Brazil 2016”, em leilão online realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA).

O café campeão foi produzido pela Fazenda Guariroba em Santo Antônio do Amparo, ao Sul de Mi-nas Gerais, e o leilão foi realizado em parceria com a Agência Brasileira de Pro-moção de Exportações e Investimentos e a Alliance for Coffee Excellence.

A Starbucks Coffee também participou do leilão e adquiriu a segunda parte desse lote, pagando o equivalente a R$ 16,3 mil por saca. O leilão de 19 lotes também registrou o lance médio histórico de R$ 5,5 mil por saca de 60 kg. Todos os cafés vendidos eram naturais (colhidos e secos com casca).

Segundo a Associação, 12 países compraram os lotes ofertados, incluindo Japão, Coreia do Sul, Austrália, Suíça, Arábia Saudita, Noruega, Reino Uni-do, Espanha, Estados Uni-dos, Lituânia, China e Taiwan. Só a empresa japonesa adquiriu cinco sacas.

Esta procura, segundo os dirigentes da entidade, é reflexo direto da boa reputação do café brasileiro no mundo, muitas vezes comprado até três mil por-cento acima do valor de mercado. “Os recordes alcançados e os altos valores gerais demonstram o interesse das principais indústrias mundiais e consolidam o reconhecimento global dos cafés naturais do Brasil, enaltecendo a sustentabilidade de nossa produção e a qualidade do produto”, diz a diretora da BSCA, Vanusia Nogueira.

As exportações de café brasileiro em setembro de 2016 foram de 2.503.212 sacas.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password