Nikkeis trabalham em tapeçaria de Tomie Ohtake para a inaguração do Memorial

Trabalhadores colocam o protótipo da nova tapeçaria (Foto: Daniela Agostini/Memorial)

O governador Geraldo Alckmin anunciou no início desta semana a reabertura do Auditório do Memorial da América Latina.
Há 3 anos fechado em decorrência de um incêndio, o espaço cultural deverá ser entregue no ano que vem.
Uma das obras atingidas pelo fogo foi a tapeçaria criada pela artista plástica Tomie Ohtake, que prometeu antes de falecer a reconstrução.
Com as mesmas cores predominantes de amarelo, laranja e vermelho, o protótipo da obra supervisionada pelos arquitetos Jorge Utsunomiya e Vera Fujisaki, que trabalharam por décadas com Ohtake, foi apresentado ao governador, na segunda-feira, e a peça final deve ficar pronta “em meados do ano que vem”.
“A minha parte – reconstituição gráfica – já está praticamente feita. Em janeiro, vamos iniciar a confecção, e, antes de dezembro, estará pronta. Não é idêntica (à original), mas é muito parecida, na medida do possível”, afirmou Jorge Utsunomiya ao São Paulo Shimbun.
Da tapeçaria queimada, a nova traz também “linhas” que dão a sensação de movimento.
Na original, as linhas resultavam em uma única forma, atravessando todo o comprimento do auditório. A área ocupada era de cerca de 800m2.
Logo após saber que a tapeçaria havia sido destruída no incêndio, Tomie Ohtake imediatamente se dispôs a fazer a restauração ou uma nova.

Continua… (no impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password