Tomie Ohtake ganha retrospectiva em Brasília

Tomie Ohtake, um dos principais nomes da arte abstrata brasileira, ganha uma retrospectiva na Caixa Cultural de Brasília, a partir do dia 10 de janeiro.

Intitulado “Tomie Ohtake: Cor e Corpo”, a mostra conta com 48 obras da pintora nipônica que viveu mais de 60 anos no Brasil. Desse material, 40 são gravuras (serigrafias, litografias e gravura em metal), cinco são pinturas e outras três são esculturas feitas ao longo de sua carreira.

“A artista construiu um vocabulário plástico amplo e complexo. Forma, matéria e cor nunca foram pensadas por ela de modo disso-ciado, mas alternaram suas ênfases”, explica a curadora Carolina Paulo Miyada.

Dentre as obras expostas é possível perceber mudanças com o passar das décadas na produção de Tomie Ohtake, que recebeu 28 prêmios em vida. Nas mais antigas, os contornos irregulares traduzem o ato de rasgar papéis deixando rebarbas. Há também aquelas com uma delicadeza programada, linhas finas que se cruzam, se sobrepõem e se encontram sob uma superfície aquosa.

As esculturas, por sua vez, se destacam não só polo tamanho, mas pela delicadeza, manualidade e fluidez, que convivem em harmonia. Já as cinco pinturas enfatizam as analogias corpóreas e orgânicas. Feitas com procedimentos, cores e gestualidades diferentes, as obras compartilham um apelo sensual.

A mostra pode ser visitada até o dia 4 de março, na Galeria Principal da Caixa Cultural (Setor Bancário Sul, Quadra 4). Visitação aberta de terça a domingo, das 9 às 21 horas. A entrada é franca e a classificação indicativa é livre. Mais informações podem ser obtidas pelo tel: (61) 3206-9448.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password