Reajuste de tarifa ocorre no dia 15 e carros de fora podem ser emplacados em SP

O Governo e a Prefeitura de São Paulo fazem mudanças no transporte.
Para quem depende do serviço público e usa a integração ônibus-Metrô-CPTM, o reajuste prometido desde dezembro começa a vigorar neste sábado. A tarifa de integração passará de R$ 5,92 para R$ 6,80. Já o bilhete 24 horas (comum) vai aumentar de R$ 10,00 para R$ 15,00; o tipo integração, de R$ 16,00 para R$ 20,00; o bilhete mensal comum passará de R$ 140,00 para R$ 190,00; e integração, de R$ 260,00 para R$ 300,00. As tarifas unitárias do Metrô, ônibus e CPTM continuam em R$ 3,80.
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) liberou o reajuste das tarifas, mas o governo decidiu não aplicar a mudança nesta semana.
Desde a decisão do aumento, em dezembro, o Tribunal de Justiça de São Paulo chegou a suspendê-lo e o governo recorreu ao STJ.
De acordo com o governo, a tarifa de São Paulo, mesmo com o reajuste, é a segunda mais barata do Estado, perdendo apenas para Taboão da Serra (R$ 3,00) e deverá atingir 40% dos usuários.
E no mesmo dia da divulgação do início das novas tarifas, o prefeito João Dória fez um balanço dos 100 dias de governo e informou querer o emplacamento em São Paulo para carros de fora que circulam ao menos 20 dias na capital.
A medida visa garantir o aumento da arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no município.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password