Nikkeis interpretam nova peça sobre a bomba atômica

Com texto de Murilo César Dias e direção de Gabriela Rabelo, estreia sábado, no Teatro Leopoldo Fróes, o espetáculo “O Legítimo Pai da Bomba Atômica”, levando ao palco questões políticas, históricas e técnicas que envolvem a criação da bomba atômica e o consequente uso da energia nuclear na atualidade. O elenco conta com atores nipo-brasileiros, integrantes do Coletivo Oriente-se.

A peça baseada em fatos reais, narra a história do físico húngaro Leó Szilárd e sua ligação com a construção da primeira bomba atômica. A montagem traz ao palco personagens históricos importantes como o físico Albert Einstein, a médica Gertrude Weiss, o general Groves, o presidente americano Harry Truman e o secretário de guerra Stimson, todos vividos por atores nipo-brasileiros do Coletivo Oriente-se. O caminho percorrido entre a descoberta científica e sua utilização é acompanhado do drama interno de Leó Szilárd ao ver sua descoberta ser transformada na mais mortal de todas as armas de destruição em massa.

O espetáculo é o segundo trabalho do projeto “Sobreviventes pela paz”, que tem como objetivo alertar para os perigos de se resolver os conflitos mundiais através de guerras, trazendo à cena peças que relatem grandes tragédias da humanidade como forma de promover uma cultura de paz.

A peça fica em cartaz até o dia 17, e pode ser assistida aos sábados, às 21 horas, e domingos, às 19 horas. O ingresso custa R$ 20,00. O teatro fica na av. João Dias, 822, Santo Amaro.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password