Mogi recebe peça infantil baseada em livro japonês

O Sesi de Mogi das Cruzes recebe hoje, a partir das 16 horas, o espetáculo “O Menino e a Cerejeira”. O espetáculo, com diálogos sinceros e trilha sonora original, ensina a toda a família sobre esperança e amizade, deixando a pro-messa de um mundo mais justo e humano.

Com enredo lúdico, a peça é uma adaptação da obra do escritor Daisaku Ikeda, que também é filósofo, fotógrafo, poeta e líder budista japonês. Tudo acontece em um cenário pós Segunda Guerra Mundial, quando os japoneses buscam alternativas para viver melhor. Um senhor idoso cuida da única cere-jeira sobrevivente aos bombardeios e um garoto triste tenta superar a perda do pai na guerra. Assim, surge uma amizade que levará o menino a encontrar força e coragem para trazer a luz da esperança para todos da aldeia.

“O Menino e a Cerejeira” utiliza elementos da cultura japonesa para conversar diretamente com o público por meio da arte. O cenário é composto por tambores do Japão, painéis e bonsais, que ajudam a compor o enredo. “A história de Taiti mostra como a determinação é mais importante que a esperança. Ao se sentir de-terminado de que a árvore, sim, dará flores, o menino passa a cuidar dela”, diz a diretora Stella Tobar.

Líder da Soka Gakkai Internacional (SGI), o autor do livro que inspirou o espetáculo é um defensor ferrenho da paz. Por ter sentido na pele os horrores da guerra, perdendo irmãos e amigos, tornou-se um combatente contra as ar-mas nucleares.

A classificação é livre e os ingressos devem ser reservados no site do Sesi. As entradas restantes serão distribuídos uma hora antes do início do espetáculo. O Sesi fica na rua Valmet, 171, Brás Cubas, Mogi das Cruzes.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password