Médico de Hospital de Sorriso deixa diretoria e chora por situação caótica

A cidade de Sorriso, no Mato Grosso, está em clima de tristeza e choro por causa da saúde.
O então diretor-técnico do Hospital Regional Portal Sorriso, o médico Roberto Satoshi Yoshida, desabafou e chorou em entrevista.
A gravação viralizou e ontem ele entregou o cargo, e não foi mais ao Hospital, onde continua a trabalhar por ser concursado.
Nos próximos dias, contudo, a agenda dele está livre, sem pacientes.
O São Paulo Shimbun tentou contato com ele, mas tanto no Hospital como em um telefone particular, não houve sucesso.
Assim como Yoshida, a colega Lígia Souza Leite deixou o cargo de diretora da unidade médica.
Ambos haviam informado a crítica situação do Hospital público, cujas dívidas somam em torno de R$ 8 milhões.
Emocionado, Roberto Yoshida disse que “depois de 30 anos de formado, nunca imaginei enfrentar uma situação dessas”.

Continua… (no impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password