Kanji é tema de palestra e mostra de professor libanês

O idioma japonês, através dos traços enigmáticos do kanji, é destaque em palestra e exposição do professor libanês Antoine Abi Aad.
Em visita ao Brasil, direto de Beirute, ele foi convidado pela Aliança Cultural Brasil-Japão a integrar os eventos comemorativos de 60 anos de atividades e, hoje, mantém o contato com a comunidade nipo-brasileira.
Das 15 às 18 horas, ele estará na unidade São Joaquim da Aliança, que fica no prédio da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo), corealizadora, para palestrar sobre o tema kanji.
A veia artística explica os traços diferenciados dos kanjis escritos pelo professor libanês e que fazem parte da exposição inaugurada também hoje, na unidade São Joaquim da Aliança. Até o dia 9 de abril, 64 quadros de ideogramas na escrita japonesa serão apresentadas ao público.
A programação acontece no 6º andar do prédio que fica na rua São Joaquim, 381, Liberdade, São Paulo.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password