‘Japan House’ vai além de arquitetura contemporânea e chama atenção por detalhes

O café fraco e sem açúcar da “Casa” do Japão (Foto: São Paulo Shimbun)

A “Japan House” finalmente tem as portas abertas para o público, a partir de hoje.
Depois de imprensa, autoridades e convidados, o cidadão comum pode desfrutar agora da nova “Casa” do Japão.
Na tentativa de ajudar o leitor a conhecer a fundo o espaço na av. Paulista, 52, o São Paulo Shimbun foi além da arquitetura contemporânea e se ateve aos detalhes.
Sim, a fachada logo impressiona na chegada. Réguas de madeira formam um verdadeiro mosaico que indicam o que vem pela frente.
Já dentro do prédio de três andares da “Japan House” o que se vê e o que gera burburinho na comunidade nikkei é o “verdadeiro” Japão. Na realidade, a palavra correta é o atual Japão, mais contemporâneo e tecnológico.
Da arte japonesa que a comunidade está mais acostumada só há espaço fixo para o furoshiki, a técnica de embrulhar presentes.
Em outro andar, um pequeno espaço para cafeteria serve o café japonês, mais fraco que o habituado ao paladar brasileiro e sem açúcar.
Colado ao espaço está a área da biblioteca, com uma variedade de livros que podem ser lidos confortavelmente nos sofás.
De outro lado, está a vitrine de objetos da loja Madoh.
No último andar, fica o restaurante comandado pelo chef Jun Sakamoto.
E um local pouco divul-gado, mas muito usável, é o banheiro. Por se tratar de Japão, a tecnologia veio forte e tomou o assento.

Continua… (no impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password