Banco MUFG Brasil divulga relatório sobre o Setor Externo

Divulgação

Reservas externas totalizaram US$ 356,9 bilhões no final de dezembro 2019

São Paulo – SP

O setor externo brasileiro continua apresentando condições sólidas, apesar da piora do DCC (déficit em conta corrente).

Tanto o IDE (Investimento Direto Estrangeiro) quanto as reservas externas em níveis elevados explicam essa avaliação.

Segundo o Banco Central, as reservas externas totalizaram US$ 356,9 bilhões no final de dezembro.

Para 2020, esperamos DCC em US$ 50 bilhões, estável a partir de 2019.

Por um lado, o cenário de crescimento doméstico mais sólido aumentaria o DCC, uma vez que haveria mais saídas relacionadas a importações, remessas de lucros e dividendos e viagens ao exterior.

Mas, por outro, esperamos um Real mais depreciado em termos médios (em USDBRL 4,07 em 2020 contra 3,95 no ano passado) limitando um pouco essas saídas.

O crescimento mais forte do PIB, associado às reformas e privatizações / concessões, pode levar o IDE a cerca de US$ 80 bilhões.

Em suma, as contas externas devem continuar sólidas.

http://saopauloshimbun.com.br/categoria/economia-e-negocios/

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password