‘8º Fórum Mundial da Água’ quer ouvir o cidadão sobre o precioso e escasso bem

Glauco Kimura e demais organizadores (Divulgação/TV Brasil)

Brasil estará no centro da atenção mundial devido ao “8º Fórum Mundial da Água”.

Pela primeira vez no hemisfério Sul, o evento será realizado no Brasil, em Brasília, do dia 18 a 23 de março.
Sete mil representantes de 150 países devem participar da programação que discute o bem mais precioso e escasso no mundo. O Japão, com o príncipe Naruhito, já confirmou presença. O futuro imperador deve chegar a Brasília no dia 18 e, no dia seguinte, participar do Fórum.

Na edição deste ano, os organizadores querem ouvir o cidadão, aproximando-o efetivamente da programação.
No site: www.worldwaterforum8.org , no link “Sua Voz”, pessoas do mundo todo podem sugerir temas para discussões no Fórum.

Várias sugestões já foram recebidas como capacitação, compartilha-mento, governança e sus-tentabilidade. Para melhor discussão, seis salas foram montadas com os temas: Clima (segurança hídrica e mu-danças climáticas); Pessoas (água, saneamento e saúde); Desenvolvimento (água para o desenvolvimento sustentável); Urbano ( gestão integrada de água e resíduos urbanos); Ecossistemas (qualidade da água, subsistência de ecossistemas e biodiversidade); e Finanças (financiamento para segurança da água).

Duas rodadas de sugestão já foram feitas e os resultados estão no site. A 3ª rodada está em andamento e o que foi colocado será apresentado durante o Fórum Mundial da Água.

Continua…(Impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password