2017 – O Ano do Galo

Arte em shodô que representa o animal Galo, regente de 2017, de autoria de Joku Wakamatsu

O ano de 2017 será regido pelo Galo. Animal expansivo, o novo período, que pelo horóscopo chinês começa às 23h47 do dia 3 de fevereiro e vai até 4 de fevereiro de 2018, promete ser dinâmico, intenso e emocional.
De acordo com mestre I Ming, da Sociedade Feng Shui, o ano que começa tem o seguinte significado: “Um sacrifício sofrido é necessário para ter um bom resultado. Opiniões divergentes conduzem a uma conclusão satisfatória”. “Neste sentido, para alcançarmos nosso objetivo, a atitude adotada é ‘Confiar naquilo que já se tem costume de fazer, e assim agir corajosamente com mais rigor’”, afirma.
Portanto, o lema deste novo ano é “Confiar no que faz; agir com rigor”.
Outra expressão forte para o período é “O fogo domiciliar (fogo yin) aquece o metal utilitário (metal yin)”. 2017 terá como elemento o fogo, um dos cinco que compõem o horóscopo chinês (os outros são madeira, terra, metal e água). Os elementos se revezam a cada dois anos e suas características são so-adas aos perfis de cada animal regente.
O Galo, regente no novo ano, tem como elemento o metal, ou seja, haverá junção de fogo e metal.
Como acontece sempre no horóscopo chinês, o nativo de Galo não terá um ano dos melhores, assim como o Cão e o Coelho. Ao contrário, 2017 será propício para o Boi, Serpente e Dragão.
Para os próximos 12 meses, as cores favoráveis são amarelo, branco e metálica (de quaisquer tonalidades).
Já as atividades com bons fluídos no período serão as envolvidas com pedras preciosas, louças, imobiliárias, construção, materiais de construção, ramos de liderança, terras, consultoria, porcelana, esportivos, juiz, automóveis, financeiros, mineração, gerenciamento, mecânicos, ramos não convencionais, seguranças, policiais, controles e joias.
Como previsão de acontecimento para 2017 está a disputa de terra. Artilharia e fogo cruzados serão frequentes. A natureza continuará a mostrar suas fúrias para provar que é a verdadeira dona do mundo. A novidade deste ano é o aparecimento de hecatombes naturais, tais como tsunamis e fortes abalos sísmicos.

Continua… (no impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password