Visto eletrônico faz crescer emissão

O Ministério de Relações Exteriores divulgou dados de abril que comprovam que o sistema eletrônico de solicitação de vis-tos, o chamado e-visa, fez crescer o número de turis-tas da Austrália, Canadá, EUA e Japão, países onde o sistema foi implantado.

Segundo os números mais atualizados, o volume de concessões de vistos ao Brasil aumentou, em média, 49% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o pro-cessamento dos vistos era feito pelo sistema tradicional, o que representa um acréscimo potencial de R$ 20,7 milhões na economia em apenas um mês.

O Canadá teve o aumento mais significativo, de 74,55%. Foram 1.461 vistos eletrônicos, em abril de 2018, contra 837 no mesmo período do ano passado pelo sistema tradicional. Na Austrália foram emitidos, em abril deste ano, 1.399 vistos eletrônicos, 52,23% a mais do que os 919 vistos emi-tidos em abril de 2017 pelo método antigo.

Os Estados Unidos apresentaram um aumento de 44,17% com 12.298 vistos eletrônicos emitidos em abril deste ano e 8.530 no mesmo mês de 2017, quando o e-Visa ainda não estava funcionando. No Japão, o percentual de aumento de abril deste ano em relação ao mesmo mês de 2017 foi de 25,04%, sendo 1.952 vis-tos eletrônicos emitidos mais atualmente e 1.561 vistos tradicionais concedi-dos no respectivo período do ano passado.

A crescente adesão dos turistas ao sistema também se verifica no percentual de e-visas emitidos em relação ao total de vistos processados entre os dias 1º e 30 de abril de 2018. No Japão, por exemplo, o sistema eletrônico respondeu por 40,08% dos vistos emitidos para o Brasil. Desde novembro, já foram emi-tidos 50.557 e-visa.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password