Time japonês é finalista do Mundial e enfrenta o favorito Real Madrid

Os japoneses do Kashima Antlers fizeram história e se garantiram na final do Mundial de Clubes de Futebol, ao derrotarem os colombianos do Atlético Nacional, por 3 a 0, na semifinal, disputada em Osaka, no Japão.
Grande favorito no confronto, o Atlético adotou a postura que o levou ao título da Libertadores: posse de bola e agressividade nas jogadas pelas pontas. Ao todo, o time colombiano finalizou 16 vezes na primeira etapa. O grande número de tentativas, contudo, se deu pelo fato de ter saído atrás do marcador. E o lance foi histórico, uma vez que os donos da casa contaram, de forma inédita, com o recurso do vídeo eletrônico para terem um pênalti assinalado. A cobrança foi batida por Shoma Doi.
No segundo tempo, depois de um cruzamento, Endo esbanjou recurso técnico ao empurrar a bola de calcanhar para a rede. No fim, Suzuki transformou o resultado em goleada, ao fazer o terceiro tento, contando com o preciso cruzamento de Mu.
O Kashima Antlers, primeira equipe asiática a chegar à final do Mundial de Clubes e maior campeão da história do Japão desde a criação da J-League em 1993 (18 títulos somando liga e as duas copas), vai agora enfrentar o Real Madrid, que fez sua parte, na manhã de ontem, e venceu o mexicano América, por 2 a 0. Os gols da
partida, realizada no Yokohama Stadium, foram marcados pelos atacantes Benzema e Cristiano Ronaldo. Antes da bola rolar, as equipes respeitaram um minuto de silêncio pela tragédia com a Chapecoense. O mesmo ato foi feito pelo Kashima e Atlético Nacional.
O jogo final do Mundial ocorre às 08h30 (horário de Brasília) do domingo. Antes, às 5 horas, América e Atlético Nacional disputam o 3º lugar da competição.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password