Takata tem venda finalizada e muda de nome

A Takata, fabricante dos airbags “mortais”, teve a venda concluída para a chinesa Key Safety Systems. Com isso, haverá mudança de nome para Joyson Safety Systems. A nova dona da Takata é um braço do grupo chinês Ningbo Joyson Electronic Corporation, que pagou o equivalente a R$ 5,45 bilhões pela empresa.

Segundo comunicado do novo dono, que é um braço do grupo chinês Ningbo Joyson Electronic Corporation, a Takata ainda ficará responsável pela área relacionada aos inflatores defeituosos, e deixa a empresa japonesa, re-estruturada como parte do processo de falência dos EUA e do Japão, responsável por essas operações.

O defeito do airbag é a vedação do insulflador, onde fica o gás que abre o airbag. Com exposição à umidade, a peça pode trincar e alterar o gás, sem contar na explosão do equipamento em uma colisão. O insuflador se parte e seus pedaços são atirados contra os ocupantes dos veículos. Os ferimentos de algumas vítimas foram confundidos com facadas ou tiro.

Ao menos 22 pessoas morreram em diversos países por causa da falha do airbag. No Brasil, não há nenhuma ocorrência até agora. Mais de 1 milhão de carros ainda circulam no País com airbags mortais. Recalls já foram feitos e continuam a se repetir, frequentemente.

A Toyota é a marca que lidera em recall da Takata. Até agora, foram 882.748 unidades de sete modelos diferentes.
Mesmo com o chamamento, vários proprietários não levam o carro a uma concessionária para o conserto gratuito.
Por lei, os carros convocados que não realizaram o recall têm o documento impedido para transferência.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password