Setor de transporte é afetado por crise

A crise econômica afetou em cheio o setor de transporte. Isso é o que afirma a Confederação Nacional do Transporte, diante dos resultados da Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador 2016.
A maioria das empresas (60,1%) teve diminuição de receita bruta em 2016, e 58,8% precisaram reduzir o número total de viagens. Para 74,6%, houve aumento do custo operacional.
Foram entrevistados 795 transportadores de todo o País, que atuam nos diferentes modais (rodoviário, ferroviário de cargas, metroferroviário, urbano de passageiros por ônibus, aquaviário e aéreo).
Neste ano, 37% das empresas reduziram o número de veículos em operação, refletindo na mão de obra. De dezembro de 2015 a setembro de 2016, foram demitidos 52.444 trabalhadores no setor.
Mesmo com o quadro negativo, os empresários mostram-se otimistas. 47,7% deles esperam obter receita bruta maior e 48,8% confiam que haverá melhor desempenho da atividade econômica.
E a confiança na gestão econômica brasileira foi demonstrada por 53,5%, ainda muito aquém dos 86% do ano passado. Para 49,3% dos empresários, a retomada do crescimento só será percebida em 2018, enquanto que 23,6% apostam já no próximo ano.
Por fim, os transportadores apoiam a entrada de investimento estrangeiro. 83,5% são favoráveis sobre essa participação.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password