Mercedes faz dobradinha com Bottas e Hamilton no GP do Azerbaijão de F-1

As duas Mercedes fizeram a curva 1 e 2 lado a lado. No final, vitória de Valtteri Bottas que em 2018 perdeu a corrida devido a um furo no pneu traseiro. Foto: Mercedes

Com a vitória, Bottas agora lidera o campeonato de pilotos com uma vantagem de 1 ponto sobre Lewis Hamilton

AMAURI YAMAZAKI – São Paulo – SP

A quarta etapa do Campeonato Mundial de F-1 terminou com o finlandês Valtteri Bottas da Mercedes vencendo de ponta a ponta o GP do Azerbaijão.

Em segundo terminou o inglês pentacampeão Lewis Hamilton seguido pela Ferrari de Sebastian Vettel e a Red Bull Honda de Max Verstappen.

Foi à quarta dobradinha da Mercedes nesta temporada.

Na largada, as duas Mercedes fizeram a curva 1 e 2, lado a lado, sendo que os dois pilotos agiram de forma limpa deixando espaço suficiente para que o companheiro de equipe também pudesse fazer a curva.

A Racing Point de Sergio Perez que havia largado em quinto, conseguiu ultrapassar a Red Bull da Max Verstappen, mas foi ultrapassada algumas voltas depois.

A Ferrari de Charles Leclerc que largou em oitavo com uma estratégia diferente dos pilotos a frente (utilizando pneus mais duros) terminou apenas na quinta posição, após ter sido obrigado a fazer duas paradas para a troca de pneus, sendo uma não prevista no finalzinho da corrida.

A Mercedes conseguiu a quarta dobradinha nesta temporada. Foto: Mercedes

Durante a corrida Leclerc fez várias ultrapassagens e quando os seus pneus médios estavam desgastados pediu para a Ferrari para realizar a troca, mas a equipe respondeu que era cedo e caso eles fizessem a troca, os pneus macios não aguentariam até o final da corrida.

A Ferrari de Vettel foi o primeiro a trocar pneus macios pelos médios na décima terceira volta.

Max Verstappen terminou em quarto próximo da Ferrari de Sebastian Vettel. Foto: Clive Mason/Getty Images

Algumas equipes apostavam na entrada do safety-car durante a corrida para a troca de pneus, mas isso não aconteceu.

Na volta 32, a Renault de Daniel Ricciardo tentou ultrapassar a Toro Rosso de Daniil Kvyat e os dois pilotos saíram pela área de escapa da pista. Na tentativa de voltar para a prova, Ricciardo deu ré e bateu na Toro Rosso de Kyvat.

No Azerbaijão chamou a atenção a má performance das duas Renault com Daniel Ricciardo terminando em último e Nico Rosberg em décimo quarto.

Já a Williams recebeu uma punição por ter colocado o carro no pitlane muito cedo.

A próxima corrida é o Grande Prêmio da Espanha de F-1 no dia 12 de maio.

RESULTADO DO GP DO AZERBAIJÃO DE F-1

Pos Piloto Carro Voltas Tempo Pts
01 Valtteri Bottas Mercedes 51 1:31:52.942 25
02 Lewis Hamilton Mercedes 51 +1.524s 18
03 Sebastian Vettel Ferrari 51 +11.739s 15
04 Max Verstappen Red Bull Honda 51 +17.493s 12
05 Charles Leclerc Ferrari 51 +69.107s 11
06 Sergio Perez Racing Point Mercedes 51 +76.416s 08
07 Carlos Sainz McLaren Renault 51 +83.826s 06
08 Lando Norris McLaren Renault 51 +100.268s 04
09 Lance Stroll Racing Point Mercedes 51 +103.816s 02
10 Kimi Räikkönen Alfa Romeo Ferrari 50 +1 volta 01
11 Alexander Albon Toro Rosso Honda 50 +1 volta 0
12 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 50 +1 volta 0
13 Kevin Magnussen Haas Ferrari 50 +1 volta 0
14 Nico Hulkenberg Renault 50 +1 volta 0
15 George Russell Williams Mercedes 49 +2 voltas 0
16 Robert Kubica Williams Mercedes 49 +2 voltas 0
17 Pierre Gasly Red Bull Honda 38 Não term 0
18 Romain Grosjean Haas Ferrari 38 Não term 0
19 Daniil Kvyat Toro Rosso Honda 33 Não term 0
20 Daniel Ricciardo Renault 31 Não term 0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES 2019

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  173
02 Ferrari  099
03 Red Bull Honda  064
04 McLaren Renault  018
05 Racing Point Mercedes  017
06 Alfa Romeu Ferrari  013
07 Renault  012
08 Haas Ferrari  008
09 Toro Rosso Honda  008
10 Williams Mercedes  000

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

Pos Piloto País Carro Pts
01 Valtteri Bottas Finlândia Mercedes 87
02 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 86
03 Sebastian Vettel Alemanha Ferrari 52
04 Max Verstappen Holanda Red Bull Honda 51
05 Charles Leclerc Mônaco Ferrari 47
06 Sérgio Perez México Racing Point Mercedes 13
07 Pierre Gasly França Red Bull Honda 13
08 Kimi Raikkonen Finlândia Alfa Romeu Ferrari 13
09 Lando Norris Inglaterra McLaren Renault 12
10 Kevin Magnussen Dinamarca Haas Ferrari 08
11 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 06
12 Carlos Sainz Espanha McLaren Renault 06
13 Daniel Ricciardo Austrália Renault 06
14 Lance Stroll Canadá Racing Point Mercedes 04
15 Alexander Albon Tailândia Toro Rosso Honda 03
16 Daniil Kvyat Rússia Toro Rosso Honda 01
17 Antonio Giovinazzi Itália Alfa Romeu Ferrari 00
18 Romain Grosjean França Haas Ferrari 00
19 George Russell Inglaterra Williams Mercedes 00
20 Robert Kubica Polônia Williams Mercedes 00

Redenção de Valtteri Bottas. Em 2018, o finlandês perdeu a corrida devido a um furo no pneu. Em 2019, venceu de ponta a ponta. Foto: Mercedes

A Red Bull Honda de Max Verstappen foi consistente durante todo o final de semana do GP do Ajerbaijão Foto:  Dan Istitene/Getty Images
O circuito de de rua Baku tem longas retas que proporcionam velocidades de até 345 km/h proporcionando ultrapassagens. Foto: Mercedes

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password