Médico revisa primeiro livro sobre medicina ‘Kampo’ no idioma português

Você já ouviu falar de medicina “Kampo”? Quem já morou no Japão e precisou de cuidados médicos, muito provavelmente deve ter saído da consulta com uma receita “mais natural”.

Segundo pesquisa da Nikkei Medical, mais de 85% dos médicos japoneses prescrevem a fitoterapia, que se baseia no uso de plantas na cura de doenças.

Do Japão para Brasil, chega aos brasileiros o primeiro livro de medicina “Kampo” no idioma português e que terá distribuição gratuita em formato digital (e-book). A autoria é do médico Kenji Watanabe, professor titular e diretor do Ambula-tório Kampo Center do Hospital Universitário da Faculdade de Medicina da Universidade de Keio. A revisão médica foi feita pelo nikkei dr. Kazusei Akiyama, especialista em medicina oriental e fellow (companheiro) da The Japan Society for Oriental Medicine.

Os dois médicos esperam que a medicina “Kampo” possa contribuir e ser um instrumento para atender a desafios não apenas no Japão, mas em todo o mundo.

Entre os japoneses, essa medicina é tão difundida que é disciplina em todos os cursos de graduação de escolas médicas do país. E hoje, após anos, a “Kampo” e a medicina ocidental são praticadas simultaneamente.

O livro “Dicas Clínicas da Medicina Kampo”, que se pretende ser um guia para médicos, contou com tradução para o português de Kistec – Kanagawa Institute of Industrial Science and Technology. A publicação é uma iniciativa de fundos governamentais japoneses

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password