Japan House custará 30 milhões de dólares e previsão de inauguração é março de 2017

Responsáveis mostram maquete do projeto (Foto: São Paulo Shimbun)

São Paulo conheceu oficialmente ontem, em evento no edifício da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, o pré-projeto do Japan House, iniciativa global do governo japonês que trará à capital paulista um olhar sobre o Japão contemporâneo.
Com inauguração prevista para março de 2017, o prédio irá combinar diversos segmentos para oferecer aos visitantes, por meio de experiências imersivas, uma perfeita tradução do Japão do século 21 – sem esquecer das raízes. Está prevista uma gama ampla de temas, entre eles, cultura, moda, gastronomia, história, negócios, design, robótica, ciências e engenharia, inovação urbana e mobilidade.
Em coletiva de imprensa, logo após a apresentação da maquete do projeto, Angela Tamiko Hirata, que assume como diretora-executiva, confirmou que todo o prédio será construído com dinheiro do governo japonês.
A Japan House será instalada na avenida Paulista, 52, vizinha à Praça Oswaldo Cruz, no cruzamento com a rua 13 de Maio. O Brasil foi um dos escolhidos, de acordo com o cônsul-geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, devido à presença da maior população de origem japonesa fora do Japão; pelas ligações econômicas, sociais e humanas entre os dois países; e por São Paulo ser o principal centro econômico da América Latina e um pólo importante de produção artística e cultural.

Continua… (no impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password