Deputado estima gasto de R$ 3 milhões e pede ajuda de ministro para festa dos 110 anos

Ministro Sergio Leitão e o deputado Nishimori (Foto: Divulgação)

Após definir a programação para as comemorações pelos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, data que será celebrada em 2018, os responsáveis pelo evento no Paraná, sob o comando do deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR), correm para viabilizar financeiramente os festejos.

A maior preocupação é com a “Exposição Imin”, que será realizado na cidade de Maringá, de 19 a 22 de julho de 2018, e que é apontado como o principal evento daquele estado em alusão aos 110 anos. Os gastos giram em torno de R$ 3 milhões. Em busca de apoio, Nishimori se reuniu com o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, em encontro que também contou com a presença do presidente-adjunto da Aliança Cultural Brasil-Japão do Paraná, Satio Kayukawa, entre outras lideranças da comunidade nipo-brasileira local.

O principal pedido foi o apoio para que o projeto consiga captar recursos por meio da Lei Rouanet. “O projeto já está pronto e solicitamos esse apoio ao ministro, que é novo e eu, inclusive, não o conhecia pessoalmente, mas que nos recebeu muito bem, deu grande atenção aos festejos pelos 110 anos e prometeu nos ajudar no que for possível”, comentou o deputado ao São Paulo Shimbun.

Através da Lei Rouanet, o deputado pretende arrecadar cerca de R$ 2,5 milhões, com o restante vindo de patrocínios pontuais. “Estamos atrás de apoio e, ao mesmo tempo, tentando economizar ao máximo, diante da situação econômica do País. De dinheiro não temos quase nada ainda, mas vamos buscar essas parcerias para viabilizar essa grande festa”, garantiu o parlamentar

Continua…(impresso)

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password