Clássico japonês é exibido com narração benshi

A Cinemateca Brasileira promove hoje, a partir das 20 horas, uma sessão especial do filme “O coral de Tóquio”, de Yasujiro Ozu, com narração da benshi Angela Nagai. No Japão, a figura do benshi era uma tradição nas exibições de filmes durante o período silencioso do cinema, narrando a película durante a sessão.
O coral de Tóquio, lançado em 1931, conta a história de um pai de família que é despedido da companhia de seguros onde trabalhava. A demissão ocorre por ter enfrentado seu chefe e apoiar um colega que havia sido despedido por já ter idade avançada. Em crise econômica, a família do jovem deverá moldar-se às dificuldades da sua nova situação.
O filme é de Yasujiro Ozu. Embora inicialmente sua obra tenha sido considerada “muito oriental” para exportação, pouco a pouco o olhar da crítica e público se abriu, até ser finalmente consagrado mundialmente. Hoje, seu nome é frequentemente citado junto aos melhores diretores de todos os tempos. A Cinemateca tem 210 lugares e fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, em São Paulo. A classificação é livre e o ingresso é gratuito, sendo distribuído uma hora antes da sessão.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Bem vindo! Entre na sua conta

Lembrar de mim Esqueceu sua senha?

Lost Password